quinta-feira, 3 de julho de 2014

Os 4 maiores erros de treino cometidos por mulheres

Tirando as diferenças hormonais, o corpo de homens e mulheres respondem ao treino de maneira muito semelhante, contudo muitas mulheres, talvez devido a falta de informação, instrução ou por ideias preconcebidas sobre treino, acabam cometendo erros que impedirão indefinidamente seus resultados dentro da academia. Com isto em mente, veja os 4 maiores erros de treino cometidos por mulheres.


1 – Excesso de aeróbicos

A maioria das mulheres costumam pensar que aeróbicos e aulas mirabolantes feitas com música alta são sinônimos de boa forma, e que independente de outros fatores os resultados eventualmente aparecerão. Ledo engano. Assim como os homens (erroneamente pensam), apenas aeróbicos não farão milagre na perda de gordura, pelo contrário, o excesso poderá provocar perda de massa muscular e gerar flacidez corporal. Criando aquele famoso aspecto de “falsa magra”.


Solução:

Se o objetivo for perda de gordura, em vez de aeróbicos, o seu principal foco deverá ser a dieta, ela será capaz de gerar a maior perda de gordura, e através da manipulação dos macronutrientes e do treino pesado, evitar que massa muscular seja perdida durante o processo, ou seja, evitando que o seu corpo vire uma maria-mole.

2 – Medo de perder a “compostura”

Basta entrar em qualquer academia e você verá várias mulheres treinando com pesos tão “grandes” que transformariam uma sessão de fisioterapia em uma competição de força bruta. O pior é que muitas delas não treinam assim por medo de ficarem musculosas (outra desculpa safada) ou se machucarem, mas por medo de perder a compostura. Em outras palavras, medo de estragar o cabelo e a maquiagem (que ela não deveria estar usando) com o suor, medo de falhar durante o exercício, medo de fazer careta e fazer as veias da testa saltarem pra conseguir algumas repetições extras de agachamento.


Solução:

Academia não é point social ou guerra de ego que você terá que passar a melhor aparência do mundo, mas sim um local onde você frequentará unicamente para buscar melhoria física e mental para alcançar seus objetivos. E não adianta dizer que é machismo ou crítica exclusiva às mulheres, pois isto é um dos principais problemas dos homens também e é frequentemente batido aqui no blog.

3 – Dependência e procrastinação em relação ao treino

Outro erro muito comum visto na maioria das academias são mulheres que dependem excessivamente do instrutor para poder treinar. Como se não fosse suficiente, ainda empurram com a barriga todos os aspectos do treino, deixando que o instrutor se encarregue por tudo, mesmo sabendo que a rotina não está levando a lugar algum.

Solução:

Existe um mar de informações disponíveis gratuitamente na internet sobre treinamento para mulheres, e se você souber inglês o seu horizonte se expande ainda mais. Nada lhe impede de questionar o instrutor a respeito do seu treino, criar independência para treinar sozinha ou até mesmo montar o próprio treino.

4 – Medo de músculos

A velha lenda de que mulheres não podem treinar pesado com pesos, pois do contrário ficarão gigantes. A não ser que você tenha problemas hormonais e tenha o equivalente de testosterona de um homem adulto, você não vai conseguir ficar musculosa mesmo treinando o mais pesado possível. Pense um pouco, até mesmo homens sofrem para ganhar massa muscular e a maioria deles falham em ficarem grandes. Quem dirá mulheres, isso quando algumas não estão usando isso como desculpa para treinar só com aqueles pesos de borracha…


Solução:

Assim como homens, treine pesado e visando o progresso de cargas, somente desta maneira será possível conquistar o corpo desejado.